Welcome to my blog :)

rss

domingo, 5 de dezembro de 2010

3°Capitulo - Lua Sobrenatural

 ●๋•Tαy●๋• - Obrigada! Ja postei! Beijoos!
 kary - Qe bom qe gostou!Ja postei!Beijoos!
 Lindinha - Obrigada! Ja postei! Beijoos!
 DemiLovato'3 - Obrigada! Qe bom! Claro que divulgo flor!  sou sua nova seguidora tambem! rsrsrsrs! Ja postei! Beijoos!
Cherry - Obrigada! Ja postei! Qe isso Cherry, poste a hora qe você quiser!Beijoos
Entra nesse Blog gente:http://jemiforever04.blogspot.com/ não vai se arrepender
*******************************************************************************************
Amar não é aceitar tudo. Aliás: onde tudo é aceito, desconfio que há falta de amor.
Passou dias, na verdade semanas, ele não tinha me ligado! será que ele ficou triste com minhas palavras? ou eu não falei o que não divia?
 Tentei visitar ele mas Jack (pai de Joe) me impediu, disse que era uma virose que pega, mas eu queria tanto saber se esta tudo bem com ele. Liguei tanto pra ele, ele nunca retornou, minha vida sem o Joe esta ficando meio sombria sem emoção na verdade sem nada.
Demi - Joe....sou eu denovo, por favor retorna ligação estou ficando preocupada, Tchau! - Nessa hora meu Pai e Jerry estavam saindo pela porta. - a onde você vai? - perguntei curiosa
Hanry - Vou pescar com o Jerry! quer que eu fique? - eu sabia que não importaria minha resposta, ele  ia do mesmo jeito
Demi - Não, pai pode ir!
Hanry - Ta bom se cuida!
 Fiquei mais, mais semanas sem o Joe , não consigui me segurar decidir ir pra casa dele. Cheguei estacionei o carro,e vi uma pessoa que não parecia ser o Joe, mas era!
Demi - Joe?O que aconteceu com você........ - Seu cabelo que era mais o menos ate o pescoco agora estava curto.(So pra vcs terem uma ideia Clique aqui)
Joe - O que você esta fazendo aqui?  - perguntou ele amargo, me  espantei de cara, ele nunca falou comigo daquele jeito
Demi - Joe........você uma tatuagem e cortou o cabelo? - minha voz ficou alta e agressiva
Joe - O que mais você quer? ficar cuidando da minha vida? - falou ele grosso
Demi - Não - minha voz perdeu o rumo - so quero falar com você a sós! - falei frizando o sós, Joe olhou para um garoto.....eu acho que sei o nome dele o Austin, o garoto que Joe falava super...mal que era esnobe metido, porque será que ele estava com ele?. Seus amigos foram pra longe deixando eu e o Joe sozinhos
Demi - Você sabe o que eu quero saber - ele não me respondeu, me olhou com amargura - Por favor, me responde - minha voz que antes estava calma agora estava urgente
Joe - Não e o que você pensa - sua voz estava preocupada
Demi - então o que é? - ele examinou meu rosto por um longo momento
Joe - Não posso lhe dizer - disse ele por fim
Demi - pensei que fossemos amigo! - falei entre os dentes
Joe - Nos éramos - fiquei triste em ouvir a palavra no passado
Demi - Porque agora você tem o Austin....e isso é bom você sempre o admirou tanto!
Joe - antes eu não entendia.
Demi - Agora você entende?
Joe - Ele está me ajudando, e muito - sua voz ficou mais baixa
Demi - É claro que tá - disse no tom ironico - Como o que?Fazer tatuagens? pular de um avião? - Ele respirou fundo e devagar, tentando se acalmar
Demi - Joe.. - me interrompeu
Joe - Pare de culpar o Austin - as palavras veio rapidas
Demi - então quem eu deva culpar?
Joe - que tal você? - disse com tanta raiva nos olhos, senti lagrimas no canto do olho
Demi - Está sendo ridiculo!
Joe - Não vou discutir com voce - respondeu repirando mais fundo de novo - ja falei demais.
Demi  - Não, não falou. - percebi que ele estava ficando com mais raiva ele foi pra longe de mim e se encostou numa arvore e a socou, fiquei admirada com a arvore que ele partiu ao meio com um golpe. Joe olhou o ponto quebrado, com choque seus olhos mudaram para pavor
Joe - Tenho que voltar - ele girou o corpo
Demi - Isso, volte para o Austin - ele não disse nada so continuou andando fui obrigada a acompanhar seus passos
Demi - Espere - gritei quando ele estava perto do meu carro, ele parou e ficou de frente pra mim
Joe - Va pra casa, Demi. Não posso mais ver você - quando ele disse essas palavras, doeu meu coração
Demi - Você está terminando comigo? mas nem começamos!
Joe - Dificilmente.Se fosse esse o caso, eu diria "Vamos ser amigos".Nem isso posso dizer
Demi - Você não pode ter outros amigos?Por favor Joe . Você prometeu. Eu preciso de você! - Começou a sair lagrimas de meus olhos - Eu já perdi o Taylor, não me faça perder você - Quando eu disse seus olhos mudaram de frio para dor mas isso mudou rapidamente
Joe - Desculpe, Demi - Joe pronunciou cada palavra com clareza, numa voz fria que não parecia pertender a ele
Demi - Eu sinto muito, eu podia ter mudado o que eu sentia por você Joe. - Talvez, se me der tempo.......so não me deixa como o Taylor fez. Não vou suportar se me deixar. - seu rosot passou-se da raiva para agonia em um segundo. A mão tremula se estendendo pra mim
Joe - Por favor, não pense assim Demi. Não se culpe, não pense que é culpa sua. O culpado de tudo sou eu. Eu juro não tem nada a ver com você.
Demi - Não é você, sou eu. Certo? - seus olhos estavam frio novamente, começou a chuviscar
Joe - Sinto muito, Demi. - ele saiu correndo, e sumiu entre as arvores
Demi - Droga! - Gritei de raiva, fui ate meu carro e soquei a porta é incrivel que pareça, não doeu minha mão. Cheguei ensopada, Hanry não estava em casa Graças a Deus. Sobi as escada tomei um banho e troquei de roupa e fui me arrastando para a cama.
  Acordei assustada , com o barulho da janela, fui ver o que era. Joe estava jogando pedrinhas na janela
Joe - Demi! Abra a Janela! - abri a janela
Demi - Mas o que você esta fazendo? - Joe estava se segurando de maneira perigosa no alto do espruce que crescia  no mio do jardin de meu pai. Seu peso tinha envergado a arvore na direção da casa e agora ele se balançava - as pernas penduradas a seis metros do chão - a menos de um metro de mim. Os galhos finos no alto da arvore arranhavam a lateral da casa com um som aspero
Joe - estou tentando cumprir............... - ele dbufou de raiva, fazendo peso trás e para frente, enquanto o alto da arvoreo sacudia - ...............minhas promessa!
Demi - Quando prometeu tentar se matar? - ele bufou sem achar graça balançando as pernas para oscilar (Mover-se alternadamente em todos os sentidos.)mais.
Joe - Saia  da frente - ordenou
Demi - o que? - aJoe balançou as pernas para tras e para frente, aumentando mais o impulso. Entendi o que ele queria fazer
Demi - Não, Joe! - Mas foi tarde de mais, fechei os olhos impedindo ver aquela cena apavorosa e seu grito de morte, mas ele não gritou  abri meus olhos para ver se estava tudo bem, quando fui ver ele estava de frente pra mim sorrindo, mas não era aquele sorriso que eu adorava, era um novo.
 Demi - Saia!
Joe - Não - protestou - eu vim me desculpar.
Demi - Você acha que desculpa vai resolver alguma coisa? - ele não respondeu, ficou alguns minutos em silencio
Joe - Demi? - ele me olhou de cima para baixo e percebeu que meus joelhos estavam fracos e mal conseguiam ficar em pé, ele me pegou no colo e me levou ate a cama - Ei você está bem?
Demi - Se eu estou bem?por que eu estaria?  - a amargura tomou o seu rosto
Joe - Tem razão - Foi inesperado ele se aproximou e me beijou, foi me pressionando mais na cama e sua mão automaticamente foi parar de baixo de minha blusa, e o mais interessante que eu deixei ele tirar ela. Mas percebi que estava indo rapido demais, eu nem sei o que esta acontecendo com ele. Eu parei o beijo
Joe - Algo de errado? - falou ele apoiando o braço na cama
Demi - tem sim Joe, por que não me conta o que há de errado com você? - fiz questão de frizar o errado - ele se lenvantou da cama
Joe - Eu quero mesmo te contar! mas eu não posso. - disse com a respiração ofegante
Demi - Por que? Qual é o Problema?
Joe - Eu não consigo!
Demi - Fazer o  que? - ele ignorou minha pergunta
Joe- Você ja teve um segredo que não era seu que não podia contar a nimguem? Nem a Harry e nem a sua mãe - pressionou ele- Algo que você não falaria nem mesmo pra mim agora? - Não respondi sua pergunta
Joe - Consegue entender que eu possa estar no mesmo tipo de.......situação? - ele lutava para escolher as palavras certas. Ele me braçou com força
Joe - seria tão facil se você soubesse - ele parou de me abraçar e tirou uma mecha de meu cabelo, beijou minha buchecha, pulou pela janela e sumiu entre as arvores


4 comentários:

DemiLovato'3 disse...

Ai que lindo *.*
Amei mesmo.
Posta logo
Por favor
Beijinhos

Cherry disse...

=OOOOOOOOOOOOO posta to curiosa, voce se inspirou em lua nova né? algumas partes Jemi são bem parecidas com as do Jacob e a Bella exceto essa da cama 66' rsrs ta muito perfeito posta logo *--------*

●๋•тαy●๋• disse...

POOOOOOOOOOOSTA!!!!
POR FAVOR!!!!
EU TO MEGA CURIOSA!!
O CAP TA LINDO.
POSTA PROFAVOR.....
BEIJOS!

Larissa disse...

aaah q perfeito! *--*
sou sua nova leitora! :)
a web ta parecida com lua nova! vc se inspirou nesse filme?
posta logo pf
beijoos

Postar um comentário